Exercícios prejudiciais

Homens cujo trabalho requer esforço físico constante têm um risco 18% maior de morrer antes dos que são sedentários, afirmam cientistas holandeses. Mas estilo de vida não saudável pode pesar mais

Atividade física no trabalho: mais prejudicial do que vantajosa à saúde (Foto: iStock)

Homens cujo trabalho requer esforço físico têm um risco 18% maior de morrer antes do que os sedentários, afirmam cientistas holandeses em um estudo publicado em maio na revista “British Journal of Sports Medicine”. A razão para o aparente paradoxo não é clara, mas estaria ligada ao fato de que esse tipo de atividade física não é o feito durante as horas de lazer (comprovadamente bom para a saúde). Segundo os pesquisadores, o cotidiano diário desses trabalhadores – suspender ou baixar objetos, fazer movimentos repetitivos, manusear materiais durante oito horas, com pouco tempo de descanso – mais tensiona do que ajuda a melhorar o sistema cardiovascular. Outros estudiosos ressalvam que a descoberta pode estar mais relacionada a um estilo de vida não saudável, marcado pelo consumo de tabaco e álcool, por exemplo.

blog comments powered by Disqus