Exoesqueleto na fábrica

Em parceria com a montadora Ford, a Ekso Bionics, da Califórnia, produziu um exoesqueleto que ajuda os trabalhadores a levantar objetos pesados e executar tarefas sobre a cabeça

Operário da Ford com o Ekso Vest: equipamento benéfico (Foto: Divulgação)

O trabalho em linhas de montagem está ligado a tarefas repetitivas, que podem levar os operários a lesionar-se. Em parceria com a montadora Ford, a Ekso Bionics, da Califórnia, produziu um exoesqueleto que ajuda os trabalhadores a levantar objetos pesados e executar tarefas sobre a cabeça. Parecido com uma armadura de alta tecnologia, o EksoVest eleva e sustenta os braços de um trabalhador e lhe permite erguer até 15 kg de peso em cada lado do corpo. Como a Ford calcula que seus operários levantem os braços cerca de 4.600 vezes por dia na linha de montagem, a novidade tem sido elogiada pelos usuários, que se dizem mais descansados e calmos após o trabalho.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança