Explosão de vida

Atol de Bikini: biodiversidade “notavelmente resiliente” (Foto: iStock)

O atol de Bikini, local de vários testes atômicos dos Estados Unidos há mais de 70 anos, mostra hoje uma admirável – embora algo fora do comum – biodiversidade. A revelação foi feita a partir de um estudo de pesquisadores americanos, apresentado numa série de TV exibida pela rede pública PBS. No trabalho, os mergulhadores investigaram principalmente as águas próximas de uma cratera aberta por uma bomba de hidrogênio. Há relatos de corais do tamanho de um carro, caranguejos alimentando-se de cocos com material radiativo e peixes em abundância, como caranhos, atuns e tubarões. Entre estes últimos, foram vistos exemplares sem a segunda barbatana dorsal. Na opinião de Steve Palumbi, professor de ciências marinhas da Universidade Stanford e líder do estudo, a biodiversidade local é “notavelmente resiliente”.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago


COMPARTILHAR