Festa de cores em borda de cratera em Marte

Cores mostradas em parede de uma pequena cratera marciana revelam a presença de diferentes minerais, que refletem a luz de forma diversa

Borda de cratera em Marte: cores diversas denunciam a presença de diferentes minerais. Crédito: ESA/Roscosmos/CaSSIS, CC BY-SA 3.0 IGO

A imagem acima mostra a parede sudeste de uma pequena cratera localizada algumas centenas de quilômetros ao norte da gigantesca bacia de impacto Hellas, em Marte. A cratera completa tem cerca de 12 km de diâmetro; a imagem reproduzida mostra uma área de 5 x 10 km.

O instrumento Color and Stereo Surface Imaging System (CaSSIS) a bordo da sonda ExoMars Trace Gas Orbiter tirou a fotografia em 19 de outubro de 2020.

Quando visualizada com os filtros de cores do CaSSIS, a imagem mostra uma diversidade excepcional de cores. Essa diversidade está relacionada à presença de vários minerais que refletem a luz de maneiras diversas em diferentes comprimentos de onda.

Os depósitos em tons claros destacam as exposições rochosas da área. Elas provavelmente contêm minerais antigos ricos em argila que teriam se formado na presença de água. Também são visíveis depósitos de areia soprados pelo vento que formam ondulações no fundo da cratera. Sua cor castanha distinta indica que eles contêm minerais de óxido de ferro.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança