Festival com elefantes: celebração da cultura ou maus-tratos?

População local considera os elefantes como parte da família, amigos leais e as competições simplesmente celebrariam esse relacionamento

Elefantes competidores: a disputa atraiu a atenção de conservacionistas (Foto: Manan Vatsyayana / AFP)

O tradicional festival de elefantes Buon Don, realizado anualmente na província de Dak Lak, no Vietnã, em homenagem a esses animais, é a época mais emocionante do ano. Acontece sempre nos meses de março e inclui provas insólitas como arremesso de troncos, cabo de guerra elefante-humano, futebol de elefantes e dança ao som de trombetas, além das tradicionais corrida e “natação” no rio que corta a área.

Esses paquidermes eram animais selvagens que foram domesticados e se tornaram parte intrínseca da vida das pessoas da região. Os elefantes mais inteligentes e mais fortes, juntamente com talentosos jóqueis das aldeias étnicas de Buon Don e Ea Sups, lar dos famosos caçadores de elefantes, se reúnem em Krong Ana Commune (Vila Buon Don) para participar de um festival tradicional, em um estádio situado no meio da floresta de dípteros.

Anteriormente, as pessoas usavam os elefantes para caçar, se deslocar, transportar troncos, etc. Hoje, os elefantes participam principalmente desse festival e de atividades turísticas. A população local considera os elefantes tão benquistos por lá que até os veem como parte da família, amigos leais e as competições simplesmente celebrariam esse relacionamento.

Mas as provas e o festival em si já estão na mira de grupos conservacionistas, para os quais o tratamento dado aos animais nessa ocasião é cruel e desatualizado.

COMPARTILHAR
blog comments powered by Disqus