Fotógrafa flagra pássaro alimentando filhote com bituca de cigarro

A natureza está lutando para se adaptar às mudanças que os humanos fazem no nosso planeta

lixo praia bituca
Fotógrafa flagra pássaro alimentando filhote com bituca de cigarro / Foto: Karen Mason

A fotógrafa Karen Mason publicou no Facebook uma foto de um pássaro da espécie corta-água alimentando seu filhote com uma bituca de cigarro.

Ela disse que registrou a imagem em junho, na praia de St Pete, perto de Tampa, Florida, Estados Unidos. Ela escreveu: “Se você fuma, por favor, não deixe sua bituca para trás.”

Em entrevista para a BBC, um porta-voz da Sociedade Real para a Proteção de Aves (RSPB) disse que as aves ficam curiosas com as coisas que descartamos casualmente, e muitas vezes investigam para tentar descobrir se algo é comida ou não. “Infelizmente, esta ave decidiu que o cigarro era algo para alimentar seu filhote”, disse o porta-voz.

Segundo o representante da RSPB, a natureza está lutando para se adaptar às coisas que estamos fazendo para o nosso planeta. “A cada ano vemos mais animais presos, feridos ou mortos por produtos feitos pelo homem. Estamos até vendo lixo sendo usado como material de nidificação”, disse.

Os filtros de cigarro são geralmente feitos de fibras de plástico (acetato de celulose) e levam anos para se decompor no ambiente. Eles são o item mais comum de lixo coletado das praias em todo o mundo.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago