Fotógrafo capta momento em que enguia escapa de dentro de garça

Enguia perfurou o corpo do pássaro para não ser comida por ele

A garça voa enquanto a enguia luta para escapar: fato nunca observado. Crédito: Sam Davis/Jam Press

Apreciador da vida selvagem, Sam Davis, morador de Maryland (EUA) de 58 anos, flagrou algo raro com sua câmera: o momento em que uma enguia tentava escapar de dentro de uma garça que a comera viva. A série de fotos de Davis mostra a enguia saindo do estômago da grande garça azul que a havia capturado.

Fotos da sequência já haviam sido publicadas em redes sociais em agosto deste ano. Mas as imagens ganharam projeção internacional esta semana, com sua divulgação por meio de portais de notícias de outros países.

Segundo Davis, ele havia ido a um refúgio de vida selvagem para fotografar raposas, águias “e tudo o mais que possa ser interessante”. Viu duas águias e uma raposa seguindo a garça e pensou que elas estavam se preparando para atacar. E decidiu fotografar a perseguida.

LEIA TAMBÉM: 

Fato inédito

Foi só quando voltou para casa que Davis percebeu o que realmente estivera olhando. “Inicialmente, pensei que a garça fora picada no pescoço por uma cobra ou enguia. Quando cheguei em casa e editei as fotos, vi que era uma enguia que estava passando pelo pescoço dela. Eu podia ver seus olhos e ela ainda estava viva”, disse Davis ao periódico britânico “The Sun”.

Águas seguiam a garça no ar enquanto a enguia buscava fugir. Crédito: Sam Davies/Jam Press

“O refúgio de vida selvagem disse que nunca tinha visto nada parecido antes. É uma foto meio mórbida”, acrescentou.

De acordo com o “The Sun”, as enguias da espécie fotografada vivem a maior parte da vida enterradas na areia e podem superar os dois metros ou mais de comprimento. Elas têm uma extremidade pontiaguda que usam para cavar ou se proteger – e, ao que tudo indica, foi ela a parte usada para romper o corpo da garça.

Ouvido pelo site de outro periódico britânico, o MailOnline, Martin Fowlie, especialista da Sociedade Real para Proteção aos Pássaros (RSPB, na sigla em inglês), disse que já vira enguias tentando escapar de peixes que as haviam comido –  mas nunca observara algo parecido envolvendo uma ave. “Estou surpreso que a garça ainda esteja voando com o que deve ser um buraco considerável. Imagino que o pássaro não sobreviveria a tal lesão.” Quanto à enguia, ela tampouco sobreviveu à experiência.

A enguia usou sua extremidade pontiaguda para escapar. Crédito: Sam Davis: Jam Press

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança