Golfinhos e baleia surpreendem pesquisadores no Rio

Grupo de 500 cetáceos cercou barco de pesquisadores do Laboratório de Mamíferos Aquáticos e Bioindicadores (Maqua) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)

Uma cena inusitada surpreendeu pesquisadores do Laboratório de Mamíferos Aquáticos e Bioindicadores (Maqua) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

O barco dos pesquisadores do Maqua foi acompanhado por cerca de 500 golfinhos. Como se não bastasse o encontro incrível, logo uma baleia jubarte se juntou ao grupo e ficou “brincando” com os golfinho.

“Esse grupo de cerca de 500 golfinhos-pintados-do-Atlântico nos escoltou no mar do Rio. Nos 27 anos do Maqua-Uerj foi a primeira vez que um grupo tão grande de pintados nos acompanhou. Logo depois algo muito especial aconteceu: eles encontraram uma jovem baleia-jubarte e começaram uma linda brincadeira. Imagens raríssimas que compartilhamos com vocês.”, diz a legenda do vídeo, publicado no último domingo (14) na página do Facebook do Maqua.

Veja o vídeo: