Guerra contra a obesidade infantil

(Foto: iStockphoto)

Amsterdã, a principal cidade da Holanda, está na vanguarda mundial na luta contra a obesidade infantil, graças a medidas que atingem os mais variados espectros sociais. A iniciativa, que conta com amplo apoio dos políticos, era mais do que necessária: 20% das crianças locais têm sobrepeso. Mas a situação já esteve pior, e a adoção das medidas reduziu, entre 2012 e 2015, o número de crianças obesas e com sobrepeso em cerca de 12%, com quedas mais acentuadas nas faixas socioeconômicas mais baixas. Entre elas estão a promoção da ingestão de água de torneira (que lá, naturalmente, é confiável) e a recusa em envolver-se em eventos patrocinados por empresas de refrigerantes ou de fast food. Confira a seguir algumas das medidas adotadas pela prefeitura local.

1 – Proibir sucos industrializados nas escolas e investir em mais fontes de água ao redor da cidade
2 – Dar aulas de culinária para ensinar variedades saudáveis de pratos étnicos: pizzas com base de brócolis, kebabs com frango magro em vez de carne de porco, substituição de açúcar por mel e tâmaras
3 – Recusar-se a patrocinar qualquer evento cofinanciado por empresas de fast food
4 – Dar atenção especial à criança em seus primeiros mil dias de vida, além de aconselhamento para mulheres grávidas e mães
5 – Estimular cada família a reativar o costume de jantar junta
6 – Dar subsídios para famílias de baixa renda reunir-se e praticar atividades em centros desportivos

Saiba mais
+ Carolina Dieckmann pede R$ 9 milhões por mansão no Rio
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua

COMPARTILHAR