Gustavo Kuerten é um campeão permanente

"Eu sempre quis desenvolver uma ação social e a carreira no tênis propiciou a realização desse trabalho. O IGK é motivo de grande orgulho e satisfação pessoal"

Gustavo Kuerten

O ex-tenista catarinense Gustavo Kuerten está ligado a causas sociais há bastante tempo, influenciado em boa parte pelo quadro de seu irmão caçula, Guilherme, que nasceu com problemas cerebrais. Desde 1998, já campeão do Aberto da França, ele doava US$ 200 a cada partida jogada para instituições de caridade. Dois anos depois, o tenista fundou em Florianópolis o Instituto Guga Kuerten (IGK) para ampliar suas atividades nessa área. Presidido pela mãe de Guga, Alice, o IGK atende crianças, adolescentes e pessoas com deficiência, buscando sua inclusão social.

As ações são alinhadas em três eixos. O programa Campeões da Vida utiliza várias modalidades esportivas como ferramenta educacional para mais de 700 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade. O Fundo de Apoio a Projetos Sociais (Faps) contribui com instituições dedicadas a assistir pessoas com deficiência. O Programa de Ações Especiais inclui iniciativas como o Prêmio IGK (que dá visibilidade a empresas, pessoas e organizações atuantes em projetos que promovam a inclusão social de crianças, adolescentes e pessoas com deficiência em Santa Catarina) e cursos de capacitação para cuidadores terapêuticos.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança