Hubble apresenta a incrível beleza de uma galáxia ‘modesta’

A imagem do telescópio espacial mostra uma estrela superbrilhante em primeiro plano, mas a galáxia que aparece abaixo dela tem muitos encantos

Galáxia UGC 3855: beleza cósmica indiscutível. Crédito: ESA/Hubble & Nasa, J. Walsh; CC BY 4.0

Uma estrela brilhante em primeiro plano não é suficiente para desviar a atenção da grandiosidade da galáxia UGC 3885, capturada aqui pelo telescópio espacial Hubble, da Nasa/ESA. Embora essa estrela em primeiro plano seja incrivelmente brilhante aos olhos do Hubble, ela não ofusca os detalhes da galáxia de fundo.

Muitas estrelas azuis jovens estão espalhadas pelos padrões circulares dos braços da UGC 3885, contrastadas e complementadas por faixas escuras de poeira também seguindo a estrutura espiral. Uma olhada rápida na UGC 3885 pode deixar o observador com uma impressão rasa da galáxia. Com mais um momento de atenção, porém, as complexidades desse magnífico objeto astronômico começam a emergir.

A UGC 3885 é uma galáxia espiral localizada a aproximadamente 180 milhões de anos-luz de distância, na constelação de Lynx (Lince). Ela também recebe os nomes de LEDA 21195, 2MASX J07310706+5928539 e Z 286-24 em vários catálogos astronômicos. Denominações à parte, a UGC 3885 é uma beleza cósmica indiscutível.

Em agosto de 2001, uma supernova Tipo Ia foi observada nessa galáxia por astrônomos do projeto Nova/Supernova Patrol, do Reino Unido. Designada SN 2001eg, a explosão estelar ocorreu perto da região central da UGC 3885.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança