Hubble apresenta o ‘Olho do Mal’

A galáxia espiral NGC 4826 intriga os astrônomos pelas direções opostas percorridas pelo gás nas suas regiões internas e externas

Galáxia NGC 4826: apelido derivado da faixa escura de poeira vista em um lado de seu núcleo. Crédito: ESA/Hubble & Nasa, J. Lee e equipe PHANGS-HST. Agradecimento: Judy Schmidt

A imagem acima, obtida pelo telescópio espacial Hubble, da Nasa/ESA, apresenta a galáxia NGC 4826 em todo o seu esplendor.

A NGC 4826 (ou Messier 64) é uma galáxia espiral localizada a 17 milhões de anos-luz de distância, na constelação de Coma Berenice (Cabelo de Berenice). Foi avistada pela primeira vez em 1779, pelo astrônomo inglês Edward Pigott.

Essa galáxia é frequentemente chamada de galáxia do “Olho Negro” ou “Olho do Mal”. A denominação está relacionada à faixa escura de poeira que varre um lado de seu núcleo brilhante.

A NGC 4826 é conhecida pelos astrônomos por seu estranho movimento interno. O gás nas regiões externas dessa galáxia está girando na direção oposta à do gás nas regiões internas, o que pode estar relacionado a uma fusão recente. Novas estrelas estão se formando na região onde os gases de rotação contrária colidem.

Veja também
+ Jovem grava momento em que mulher morre sem saber que se tratava de sua mãe
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago