• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Anuncie
Assine
Revista Planeta
MenuMenu
FECHAR
  • Home
  • Astronomia
  • Arqueologia
  • Ciência
  • Viagem
  • Espiritualidade
  • Siga-nos:Facebook
Astronomia29/01/2022

Hubble flagra estrelas nascendo na constelação de Gêmeos

AFGL 5180, na constelação de Gêmeos: berçário estelar. Crédito: ESA/Hubble & Nasa, JC Tan (Universidade de Chalmers e Universidade da Virgínia), R. Fedriani (Universidade de Chalmers); Agradecimento: Judy Schmidt

29/01/22 - 06h49min

Esta imagem do telescópio espacial Hubble, da Nasa/ESA, apresenta AFGL 5180, um lindo berçário estelar localizado na constelação de Gêmeos.

No centro da imagem, uma estrela massiva está se formando e explodindo cavidades através das nuvens com um par de jatos poderosos, estendendo-se para o canto superior direito e inferior esquerdo da imagem. A luz dessa estrela está principalmente escapando e chegando até nós iluminando essas cavidades, como um farol perfurando as nuvens de tempestade.

As estrelas nascem em ambientes empoeirados e, embora essa poeira produza imagens espetaculares, ela pode impedir que os astrônomos vejam estrelas embutidas nela. O instrumento Wide Field Camera 3 (WFC3) do Hubble foi projetado para capturar imagens detalhadas em luz visível e infravermelha, o que significa que as estrelas jovens escondidas em vastas regiões de formação de estrelas como AFGL 5180 podem ser vistas com muito mais clareza.

Saiba mais

+ CPF do remetente deverá constar nas encomendas enviadas pelos Correios
+ Por que Saturno é tão temido?
+ Astrônomos chegam a consenso sobre a idade do universo
+ Fã ‘faz diagnóstico’ de hérnia em Rafa Kalimann, que confirma
+ Corpo de responsável por câmeras de clube onde petista foi assassinado é encontrado no Paraná
+ Por que Saturno é tão temido?
+ Veja objetos, símbolos e amuletos que atraem riqueza
+ Anitta conta o que a levou a fazer tatuagem no ânus
+ Ancestral humano desconhecido deixou pegadas estranhas na África


AFGL 5180