Hubble mostra a beleza mágica de uma galáxia comum

A NGC 4380 é um lindo exemplo de galáxia espiral, uma das formas mais frequentes de conjuntos de estrelas no universo

NGC 4380: aparência indiscutivelmente bonita, mas comum no universo. Crédito: ESA/Hubble & Nasa/P. Erwin

A galáxia NGC 4380, mostrada nesta foto do Telescópio Espacial Hubble, da Nasa e da Agência Espacial Europeia (ESA), parece um efeito especial vindo diretamente de um filme de ficção científica ou fantasia, girando como um portal aberto para outra dimensão.

No grande esquema das coisas, porém, a NGC 4380 – localizada na constelação de Virgem e também conhecida pelas denominações UGC 7503 e LEDA 40507 – é de fato bastante comum. Galáxias espirais como essa são um dos tipos mais frequentes entre as galáxias do universo.

LEIA TAMBÉM: Uma galáxia difícil de classificar

Essas colossais coleções de estrelas, que muitas vezes somam centenas de bilhões de sóis, têm a forma de um disco plano, às vezes com uma protuberância arredondada no centro. Braços espirais graciosos são delineados por faixas escuras de poeira ao redor do núcleo saliente, que brilha intensamente e tem a maior concentração de estrelas da galáxia.