Hubble mostra galáxia que se afasta a velocidade espantosa

A cada segundo, a galáxia espiral barrada NGC 7513 fica 1.564 quilômetros mais distante de nós

Galáxia NGC 7513: distanciamento que exemplifica a expansão do universo. Crédito: ESA/Hubble & Nasa, M. Stiavelli

Captada pelo Telescópio Espacial Hubble, da Nasa/ESA, a imagem acima mostra a galáxia espiral barrada NGC 7513. Localizada a aproximadamente 60 milhões de anos-luz de distância, essa galáxia fica na constelação de Sculptor (Escultor), no hemisfério sul.

A NGC 7513 está se afastando de nós a uma velocidade espantosa de 1.564 quilômetros por segundo. Como comparação, a Terra orbita o Sol a cerca de 30 quilômetros por segundo.

Embora o aparente movimento da NGC 7513 para longe da Via Láctea possa parecer estranho, não é tão incomum. Enquanto algumas galáxias, como a Via Láctea e Andrômeda, ficam presas à atração gravitacional uma da outra e eventualmente se fundem, a grande maioria das galáxias no universo parece estar se afastando uma da outra.

LEIA TAMBÉM: Físico encontra resposta para mistério da expansão do universo

Esse fenômeno é devido à expansão do universo. Na verdade, é o espaço entre galáxias que está se esticando, em vez de as próprias galáxias estarem se movendo.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança