Hubble mostra ‘loja de doces’ estelar

Telescópio espacial registra com resolução inédita aglomerado que permite investigações mais detalhadas sobre a vida das estrelas

Aglomerado estelar NGC 2203: segredos sobre a vida das estrelas. Crédito: ESA/Hubble & Nasa, L. Girardi

O aglomerado estelar NGC 2203 é o protagonista desta foto do Telescópio Espacial Hubble, da Nasa/ESA. Além de sua aparência deslumbrante, esse aglomerado contém muitas delícias astronômicas que ajudaram os astrônomos a decifrar a vida útil das estrelas.

Uma estrela da sequência principal (ou estrela anã), como o nosso Sol, é o termo aplicado a uma estrela durante o período mais longo de sua vida, quando queima combustível constantemente. O combustível do Sol se esgotará em aproximadamente 6 bilhões de anos. Em seguida, a estrela passará para o próximo estágio de sua vida, quando se transformará em uma gigante vermelha.

Os astrônomos que estudam o NGC 2203, que contém estrelas com o dobro da massa do Sol, descobriram que sua rotação pode ser um dos motivos pelo qual algumas das estrelas permanecem mais tempo do que o habitual nessa fase da sequência principal de sua vida.

LEIA TAMBÉM: Fogos de artifício celestes marcam nascimento de mega-aglomerado estelar

A presente foto do Hubble é aquela com melhor resolução obtida desse aglomerado estelar até o momento.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança