Iceberg 2x maior que Nova York pode se desprender da Antártida

Plataforma de Gelo Brunt do continente gelado apresenta duas rachaduras que podem causar o rompimento de uma extensa massa

Imagem de 25 de janeiro da Plataforma de Gelo Brunt, da Antártida, mostra duas rachaduras que podem se encontrar. (Crédito: Centro de Voo Espacial Goddard, da Nasa)

Glaciólogos do Centro de Voo Espacial Goddard, da Nasa, alertam que um iceberg de 1.700 quilômetros quadrados (ou mais), praticamente o dobro do tamanho da cidade de Nova York, pode se desprender da Plataforma de Gelo Brunt da Antártica. Apesar de parecer gigante, essas proporções não são excepcionalmente grandes para um iceberg.

Imagens da plataforma de gelo a partir de 23 de janeiro de 2019, divulgadas pela agência americana, revelam duas rachaduras – uma que avança para o Leste e outra para o Norte. Em comparação com imagem de 30 de janeiro de 1986 da mesma área, fica claro que não existia nenhuma das duas rachaduras. A fenda que se move de sul a norte a uma taxa de 4 quilômetros por ano é a que gera mais preocupação.

Plataforma de Gelo Brunt da Antártica, em 1986. (Crédito: Centro de Voo Espacial Goddard, da Nasa)

“O futuro a curto prazo da plataforma de gelo Brunt provavelmente depende de onde as fendas existentes se fundem em relação às conchas de gelo McDonald”, disse Joe MacGregor, um glaciólogo do Centro de Voos Espaciais Goddard, em um comunicado. “Se eles se misturam a montante (sul) do McDonald Ice Rumples, então é possível que a plataforma de gelo seja desestabilizada.”

A NASA explica que esses desprendimentos são normais no ciclo de vida de uma plataforma de gelo, mas é o desconhecimento dessas mudanças (relativamente) recentes que são desconcertantes. Desde que Ernest Shackleton pesquisou a área em 1915, ela só evoluiu lentamente. Mas agora, as mudanças estão acelerando.

blog comments powered by Disqus