Iceberg maior do que a cidade de São Paulo se desprende da Antártida

Cientistas vinham monitorando região há vinte anos e previram desprendimento; evento não está relacionado a mudanças climáticas

Iceberg maior do que a cidade de São Paulo se desprende de plataforma Amery, na Antártida / Foto: ESA Sentinel-1A

Um iceberg gigante se desprendeu da Antártida no último dia 26. O bloco de gelo tem cerca de 1.600 quilômetros quadrados, ou 50 x 30 quilômetros, e se desprendeu da plataforma de gelo Amery, a terceira maior da Antártida e localizada entre as estações de pesquisa australianas Davis e Mawson.

O bloco de gelo, que é maior do que a cidade de São Paulo, que tem cerca de 1.500 quilômetros quadrados de área, se desprendeu de uma região chamada pelos cientistas de “dente solto”, porque o gelo ali parecia estar ligado precariamente ao continente.

Cientistas do Programa Antártico Australiano vinham monitorando a região há desde 20 anos atrás. Segundo Helen Amanda Fricker, professora do Instituto de Oceanografia Scripps, disse que pesquisadores notaram uma “fratura” na plataforma de gelo no início dos anos 2000, e previram que um grande iceberg se desprenderia entre 2010 e 2015.

Porém, o desprendimento só aconteceu agora. Os cientistas perceberam a movimentação por imagens de satélite.

Segundo a pesquisadora Helen Fricker, o evento não está relacionado a mudanças climáticas. “É parte do ciclo normal da plataforma, quando vemos grandes quebras de gelo a cada 60 ou 70 anos”, disse em comunicado da Divisão Antártida Australiana.