Identificado desenho mais antigo de Michelangelo

Timothy Clifford, renomado estudioso do renascimento italiano, acredita que data de cerca de 1487, quando o artista tinha entre 12 e 13 anos

Detalhe do esboço de Michelangelo mostra características dos traços do artista: "queixos arredondados e uma linha muito dura embaixo do nariz". (Crédito: Museum of Fine Arts)

Acredita-se que acaba de ser descoberto um esboço feito por Michelangelo ainda criança. O desenho foi adquirido em um leilão na França em 1989, quando se desconhecia o autor da obra, por um colecionador britânico anônimo.

Os traços chamaram atenção do historiador de arte Miles Chappell que foi consultar Sir Timothy Clifford, renomado estudioso do renascimento italiano, e este disse ser “muito provavelmente” um trabalho de Michelangelo. Clifford definiu como sendo de cerca de 1487, data em que o artista tinha entre 12 e 13 anos e frequentava a oficina de Domenico Ghirlandaio.

“O homem sentado” seria a obra mais antiga de Michelangelo de que se tem notícia, produzida na infância do artista (Crédito: Museum of Fine Arts)

O esboço “O homem sentado”, de 15 cm x 22 cm, retrata um homem vestido com uma toga, segurando um cedro, sentado em um tipo de trono. Além dos “queixos arredondados e uma linha muito dura embaixo do nariz”, outras características que levam a crer que a obra seja do artista italiano estão o sombreado com linhas bem delineadas e o uso de duas variedades diferentes de tinta marrom.

O mais incrível é o desenho ter sobrevivido até agora. Michelangelo tinha o costume de destruir suas obras que considerava não ter mais utilidade. E um pouco antes de morrer queimou grande parte das remanescentes para evitar que as pessoas vissem como ele tinha “testado seu gênio, com medo de parecer menos do que perfeito”.