Imagem inédita confirma modelos sobre formação de estrelas

Estrelas mais jovens se alinham ao longo da barra central da galáxia NGC 6902; já as estrelas mais velhas têm localização mais dispersa

Galáxia NGC 6902: previsões da estrutura galáctica confirmadas pela primeira vez com observações. Crédito: ESO/Timer Survey

Descoberta em 1836 por John Herschel, a NGC 6902 é uma bela galáxia espiral localizada a mais de 130 milhões de anos-luz de distância, na constelação de Sagitário, o Arqueiro.

A imagem acima foi obtida com o Muse, o instrumento Multi Unit Spectroscopic Explorer conectado a um dos quatro telescópios de 8,2 metros que compõem o Very Large Telescope (VLT). Ela mostra a galáxia de uma perspectiva única.

Numa aproximação rumo ao centro da galáxia, a imagem mostra um anel nuclear onde o brilho laranja da intensa formação de estrelas é visível.

Dentro desse anel encontra-se uma barra tênue e pequena de estrelas. Os pesquisadores descobriram que as estrelas dentro dela são distribuídas de maneira diferente, dependendo da idade. Estrelas mais jovens estão alinhadas ao longo da barra. Por outro lado, estrelas mais velhas se mostram mais dispersas.

Essas localizações das estrelas jovens e velhas na barra central da NGC 6902 confirmam as previsões feitas anos antes a partir de simulações e modelos. Esta é a primeira vez que essas previsões da estrutura galáctica foram confirmadas com observações, graças à incrível resolução espacial do instrumento Muse.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança