Índia será país mais populoso do mundo em menos de 10 anos

Seu número de habitantes continuará crescendo, e irá desbancar o da China, que já vem enfrentando um declínio populacional iminente

Segundo um novo relatório das Nações Unidas (ONU), até 2027, a Índia irá superar a China em número de habitantes, passando a ocupar o posto de país mais populoso do mundo. Hoje, os dois países abrigam juntos cerca de 37% de toda a população global de aproximadamente 7,7 bilhões de pessoas, e estão quase empatados: China com cerca de 1,4 bilhão de pessoas e Índia, com 1,3 bilhão.

Em menos de uma década, a população da China deverá diminuir em 31,4 milhões, ou 2,2% – apesar dos seus esforços para evitar um declínio populacional iminente e mesmo com a suspensão da política do filho único. Enquanto a Índia ainda verá crescer o número de habitantes para 1,5 bilhão.

O relatório da ONU ainda destaca que a Nigéria será o terceiro país mais populoso até 2050, com cerca de 733 milhões de pessoas, ultrapassando os Estados Unidos, que cairão para o quarto lugar, com uma população de 434 milhões. O Paquistão continuará na quinta posição, que já ocupa atualmente.

“Entre 2019 e 2050, espera-se que 55 países ou áreas vejam suas populações diminuírem em pelo menos 1%”, disse o relatório, principalmente devido a baixos níveis de fertilidade, urbanização, aumento do custo de vida e, em alguns casos, altos números de emigração.

Até 2050, o relatório prevê que toda a população do planeta será de 9,7 bilhões de pessoas, um aumento impressionante em apenas um século. Cinco anos após a fundação da ONU em 1950, a população mundial era de apenas 2,6 bilhões de pessoas.

Mais da metade da população global prevista para até 2050 estará concentrada em apenas nove países, segundo o relatório: Índia, Nigéria, Paquistão, República Democrática do Congo, Etiópia, Tanzânia, Indonésia, Egito e Estados Unidos.

A ONU compila o relatório usando tendências demográficas e padrões relevantes em fertilidade humana, mortalidade e migração. O objetivo é fornecer informações aos governos enquanto trabalham em direção aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU em 2030.

blog comments powered by Disqus