Isopor reaproveitado

A empresa de construção civil, arquitetura e decoração Santa Luiza já responde por cerca de 10% da destinação correta do isopor brasileiro, que ela reaproveita na fabricação de perfis, molduras, revestimentos de pisos e paredes de alta qualidade

Isopor: reciclado pela Santa Luzia

A catarinense Santa Luzia, que fabrica produtos voltados para construção civil, arquitetura e decoração, desenvolveu um processo que substitui 98% da madeira usada em sua planta por isopor. A técnica envolve a coleta, a triagem do material, sua compactação em uma máquina especial e o aproveitamento da matéria resultante na fabricação de perfis, molduras, revestimentos de pisos e paredes de alta qualidade. Com ela, a empresa responde por cerca de 10% da destinação correta do isopor brasileiro. O processo estimulou a Santa Luzia a apoiar a inclusão de cooperativas de catadores na coleta seletiva urbana, ajudar a capacitar cooperados para aumentar o setor reciclador nacional e sustentar o aumento das ações de educação ambiental.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança