Jesus era mágico? Descobertas levantam a questão

Jesus era mágico? Foto: Pixabay

Artes antigas nas catacumbas de Roma levantaram uma questão importante em relação à religiosidade: as pessoas contemporâneas à Jesus o viam como um mágico? Nas pinturas de paredes e nas esculturas de caixões é possível ver que ele foi sempre retratado com um bastão na mão durante os milagres da multiplicação dos pães e na cura de doentes, por exemplo.

Apesar das imagens, a maior parte das evidências sugerem que os primeiros cristãos não viam Jesus como um mágico. A magia era considerada uma busca puramente humana que não poderia ressuscitar os mortos, enquanto os atos sobrenaturais de Jesus sempre foram vistos como milagres por aqueles que acreditavam nele.

Além disso, a “varinha” carregada por ele, na verdade, não era uma “varinha”. Os mágicos da época não carregavam bastões de qualquer tipo. Ainda assim, a magia era muito viva no período do cristianismo primitivo. 

No caso, o bastão carregado por Jesus era mais como um cajado, que era um símbolo de poder. Com ele, era mais fácil as pessoas identificarem sua importância, assim como era o caso da barba ou do pergaminho, por exemplo. Esses elementos demonstravam sabedoria.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança

COMPARTILHAR