Juno revela profusão de ciclones no polo norte de Júpiter

Área somada dessas ocorrências no planeta gigante é muito maior que a da Terra

Ciclones dominam a atmosfera do extremo norte de Júpiter, em imagem gerada a partir de visualizações da sonda Juno. Crédito: Nasa/JPL-Caltech/SwRI/MSSS

Os ciclones no polo norte de Júpiter aparecem como redemoinhos de cores marcantes na imagem em cores falsas da missão Juno, da Nasa, reproduzida acima. O enorme e persistente ciclone encontrado no polo norte do planeta é visível no centro da imagem, rodeado por ciclones menores que variam em tamanho de 4.000 a 4.600 quilômetros. Esse padrão de tempestades cobre, somado, uma área que tornaria a Terra anã.

As opções de cores na imagem revelam a beleza de Júpiter e os detalhes sutis presentes na dinâmica estrutura de nuvens do planeta. Cada nova observação que Juno fornece da atmosfera de Júpiter complementa as simulações de computador e ajuda a refinar ainda mais nossa compreensão de como essas tempestades evoluem ao longo do tempo.

A missão Juno forneceu as primeiras visões nítidas das regiões polares de Júpiter. O instrumento Jovian InfraRed Auroral Mapper (Jiram) da Juno também mapeou essa área, bem como um padrão semelhante de tempestades no polo sul do planeta.

LEIA TAMBÉM: Hubble mostra nova imagem de Júpiter e sua lua Europa

O cientista cidadão Gerald Eichstädt fez esta imagem composta usando dados obtidos pela câmera JunoCam durante quatro passagens próximas da espaçonave Juno por Júpiter, ocorridas entre 17 de fevereiro de 2020 e 25 de julho de 2020. A cor muito exagerada é, parcialmente, um resultado da combinação de muitas imagens individuais para criar essa visualização.

As imagens brutas da JunoCam estão disponíveis para o público examinar e processar em produtos de imagem em  https://missionjuno.swri.edu/junocam/processing.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança