• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Anuncie
Assine
Revista Planeta
MenuMenu
FECHAR
  • Home
  • Astronomia
  • Arqueologia
  • Ciência
  • Viagem
  • Espiritualidade
  • Siga-nos:Facebook
Geral17/01/2022

Lewandowski vence pela segunda vez o prêmio de melhor jogador do mundo da Fifa

Deutsche Welle
Texto por:Deutsche Welle17/01/22 - 19h09min

Campeão da Bundesliga e da Supercopa da Alemanha, o atacante do Bayern de Munique marcou 69 gols em 2021. Na final do prêmio, na Suíça, ele desbancou os também atacantes Lionel Messi e Mohamed Salah.O atacante polonês Robert Lewandowski foi eleito nesta segunda-feira (17/01) pelo segundo ano consecutivo o melhor jogador de futebol do mundo pela Fifa. Campeão da Bundesliga e da Supercopa da Alemanha pelo Bayern de Munique, ele marcou 69 gols em 59 jogos na temporada 2021 - média superior a um gol por jogo, somando o clube, pelo qual fez 43, e a seleção polonesa.

Ao receber o troféu das mãos do ex-goleiro e agora dirigente do Bayern, Oliver Kahn, do técnico Julian Nagelsmann e do diretor de futebol Hasan Salihamidzic, ele disse estar orgulhoso.

"Muito obrigado. É uma grande honra. Tudo o que aconteceu no ano passado, o recorde da Bundesliga… Eu nunca me atreveria a sonhar com isso”, afirmou.

Em 2021, ao fazer 41 gols apenas no Campeonato Alemão, ele superou o recorde de Gerd Müller, que fez 40 pelo Bayern na temporada 1971/1972.

"Eu sonhava em bater esse recorde. Pensava ser impossível marcar tantos gols na Bundesliga, mas aconteceu. Quero agradecer ao Müller por me orientar para quebrar esses números", recordou, em referência ao ex-jogador, que morreu em agosto.

Em Zurique, na Suíça, Lewandowski, que tem 33 anos, desbancou os também atacantes Lionel Messi, do Paris Saint-Germain, e Mohamed Salah, do Liverpool. Messi, que comandou a Argentina na conquista da Copa América sobre o Brasil, em julho, no Maracanã, havia vencido Lewandowski no prêmio Ballon d'Or, tradicional honraria europeia concedida pela revista francesa France Football. Desta vez, o argentino ficou em segundo lugar. Salah, que é egípcio, ficou em terceiro.

Alexia Putellas vence entre as mulheres

Entre as mulheres, a espanhola Alexia Putellas, de 27 anos, que é meio-campista e capitã do Barcelona, levou o prêmio depois de comandar o time catalão na conquista da Liga dos Campeões Feminina.

A sua companheira de time, a também espanhola Jennifer Hermoso, ficou em terceiro lugar. Em segundo, ficou a australiana Sam Kerr, que atua no Chelsea, vice da Liga dos Campeões.

Chelsea leva os prêmios entre os treinadores

O Chelsea, da Inglaterra, levou os principais prêmios entre os treinadores. O alemão Thomas Tuchel, campeão da Liga dos Campeões diante do Manchester City, de Pep Guardiola, ficou em primeiro lugar. Enquanto Guardiola ficou em terceiro, Roberto Mancini, que levou a Itália ao título da Eurocopa, terminou em segundo.

Entre as equipes femininas, Emma Hayes, também do Chelsea, ficou com a primeira colocação. Lluis Cortes, que comandou o Barcelona no título da Liga dos Campeões, foi o segundo colocado, seguido da holandesa Sarina Wiegman, que comanda a seleção inglesa.

Os prêmios de melhores goleiros foram para o francês Edouard Mendy, do Chelsea, e para a chilena Christiane Endler, que atua pelo Lyon, da França.

gb/dpa/ap/efe/ots

Saiba mais
+ Carolina Dieckmann pede R$ 9 milhões por mansão no Rio
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua