Livros

A vida que flui das Amazonas

Direcionado ao público infanto-juvenil, o livro da Editora Studio Nobel é um delicioso relato sobre a cultura, a economia, os costumes e a biodiversidade da região amazônica

 

Os textos desta caprichada edição são acompanhados por fotografias e ilustrações.

Por dentro das Amazônias, Nilson Moulin, Studio Novel, 96 páginas, R$ 33.

Com ilustrações de Gizé, este lançamento é o quarto volume da Coleção Bicho-folha. Direcionado ao público infanto-juvenil, o livro apresenta um resumo histórico e social da Amazônia brasileira, explicando ainda aspectos geográficos, culturais e folclóricos daquela região.

Moulin conta, por exemplo, quais são os nove Estados brasileiros que compõem as Amazônias, como é o solo desse imenso território brasileiro e que a nascente deste importante rio que banha o nosso País fica no Peru, conforme foi recentemente constatado.

Numa linguagem clara, o autor aborda ainda importantes acontecimentos da história da região, como a invasão estrangeira no início do século 16 e os ciclos predatórios da Amazônia, como o da borracha, do gado, do ouro (Serra Pelada), do diamante e do ferro, entre outros. Também discorre sobre as tentativas de levar o desenvolvimento à região por intermédio de projetos faraônicos. Caso da Ferrovia Mad Maria e da Rodovia Transamazônica.

Por fim, o autor analisa o crescente desmatamento que vem sendo realizado na região, mostrando também toda a luta que vem sendo travada pela preservação da floresta.

Religião e sociedade

Como ser cristão no dia-a-dia

Guia para um itinerário espiritual, Jean Abiven, Editora Paulinas, 64 páginas, R$ 9,20.

Nascido em Brest (França) em 1922, o autor, que foi professor de teologia espiritual no seminário de Quimper, no norte da França, e que se tornou carmelita aos 55 anos, afirma nesta obra que inúmeros são os caminhos de Deus, mas que a trajetória que cada ser humano percorre para encontrar o Criador é única.

Dentro desse contexto, Abiven fornece uma visão abrangente sobre a vida cristã, ensinando princípios que devem reger o dia-a-dia dos seguidores de Jesus. Distanciando-se dos esquemas rígidos das diversas escolas de espiritualidade, ele explica nos três primeiros capítulos os passos fundamentais do seguimento de Cristo, ensinando os objetivos a que todos os cristãos devem visar e como superar as dificuldades que poderão encontrar nesse caminho.

Mais do que convencer o leitor sobre a importância de ele praticar o cristianismo em seu cotidiano, Abiven, em sua abordagem, pretende libertá-lo do caráter limitativo de todas as práticas religiosas, ajudando-o a se fixar na união com Deus.

Não-ficção

A importância da linguagem

A cidade das palavras – As histórias que contamos para saber quem somos, Alberto Mangel, Editora Companhia das Letras, 152 págs., R$ 34.

Depois de vivenciar o século 20, um tempo marcado pela violência, intolerância e degradação ambiental, muita gente se pergunta: “Afinal, por que vivemos juntos e para onde caminha a humanidade?” Partindo dessa questão, o autor faz uma série de reflexões neste livro, afirmando que a linguagem, a ficção e a literatura ocupam papel decisivo na experiência humana, pois a linguagem tem o dom de impor alguma ordem ao mundo, e a narrativa permite que o homem constitua sua identidade. Mangel recorre a diferentes obras e autores para iluminar as questões que o preocupam, explicando como as histórias que contamos nos ajudam a perceber a nós mesmos e aos outros e como conferem identidade a indivíduos, grupos e sociedades. Por fim, analisa se elas serão capazes de mudar quem somos e o mundo onde vivemos.

COMPARTILHAR