Má postura e uso excessivo do celular podem causar síndrome de ‘text neck’

Condição clínica que causa inicialmente dores e tensões na região dos ombros e pescoço pode levar a hérnia de disco e bico de papagaio

Jovens estão entre os grupos que mais usam o celular, chegando a dedicar quatro horas por dia ao aparelho. Crédito: Freepik

A cena mais comum de ver nos dias atuais são pessoas com a cabeça baixa olhando para o celular. Há casos tão graves que a pessoa se desliga do que está acontecendo ao redor a ponto de correr risco de vida, por exemplo, ao atravessar a rua. Esse ato é conhecido como síndrome de text neck – texto e pescoço, em inglês –, um tipo de tensão que causa dores fortes na parte superior dos ombros e pescoço e atinge a coluna cervical.

O uso excessivo do celular ou tablet, por horas, pode causar alguns problemas ortopédicos. Essa flexão forçada da cabeça pode lesionar a coluna cervical. O neurocirurgião e cirurgião de coluna Marcelo Amato, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FM-RP) da Universidade de São Paulo, explica que essa “condição clínica da síndrome surge com dores e tensões na região dos ombros e pescoço e não deve ser negligenciada, principalmente em casos crônicos, porque podem ocorrer problemas como hérnia de disco e bico de papagaio”, avalia.

A estimativa é que 75% da população mundial faz uso de celular ou dispositivos móveis diariamente por questões de trabalho ou lazer por longos períodos. A prática de exercícios físicos sempre ajuda a amenizar essas dores localizadas.

Jovens, o grupo mais problemático

O tratamento da síndrome de text neck é feito de forma conservadora. Normalmente são utilizados medicamentos, como relaxantes musculares e analgésicos, calor local e, em alguns casos, reabilitação muscular.

A cirurgia nessa região não está descartada, mas pode e deve ser evitada. Para isso, basta corrigir a postura quando fizer uso dos aparelhos móveis. Marcelo Amato orienta que “o aparelho deve estar sempre que possível na altura dos olhos”.

Recente pesquisa realizada pela empresa GlobalWebIndex mostra que o Brasil é o terceiro país do mundo em que as pessoas dedicam mais horas do seu dia ao celular. Ou seja, são três horas e 14 minutos por dia conectados. Entre o grupo de jovens, o número sobe para quatro horas por dia.

Ouça o programa Jornal da USP no Ar em que o tema é abordado acessando o link no endereço https://jornal.usp.br/atualidades/ma-postura-e-uso-excessivo-do-celular-podem-causar-a-sindrome-de-text-neck/

Saiba mais
+ Carolina Dieckmann pede R$ 9 milhões por mansão no Rio
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua