• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Anuncie
Assine
Revista Planeta
MenuMenu
FECHAR
  • Home
  • Astronomia
  • Arqueologia
  • Ciência
  • Viagem
  • Espiritualidade
  • Siga-nos:Facebook
Astronomia22/04/2022

Mais de 4 milhões de fotos tiradas do espaço revelam ação do tempo

O Sol brilha acima do horizonte da Terra em 30 de dezembro de 2021, enquanto a Estação Espacial Internacional orbitava nosso planeta quase 425 quilômetros acima da província canadense de Quebec. Crédito: Nasa

22/04/22 - 07h50min

A Nasa apresentou hoje algumas fotos que retratam as magníficas maravilhas do nosso planeta, mas não foram tiradas em nenhum lugar da Terra. Em vez disso, elas foram batidas por astronautas a bordo da Estação Espacial Internacional (EEI, ou ISS, na sigla em inglês) para narrar a beleza frágil e a paisagem em constante mudança de nossa casa coletiva.

Até o momento, mais de 4 milhões de fotos tiradas por humanos do espaço foram coletadas, desde os primeiros dias das missões Mercury e Gemini até as tiradas a bordo da ISS, e todas estão disponíveis gratuitamente para pesquisadores, cientistas e o público em todo o mundo. Essas fotografias são tiradas para muitos propósitos, desde artísticos até científicos, e provaram ter uma ampla gama de usos.

Mudanças ao longo do tempo

Uma utilização poderosa das fotografias da tripulação é estudar as mudanças em nosso planeta durante longos períodos de tempo. Os Lagos Toshka e o Lago Nasser, no Egito, por exemplo, foram fotografados regularmente da estação nos últimos 20 anos. Isso ocorre em parte porque os níveis de água nesses lagos mudam drasticamente mês a mês, afetando constantemente a agricultura na região. Os pesquisadores, capazes de observar esses corpos d’água por um longo período de tempo usando as fotografias da tripulação, podem perguntar: seu volume é mais ou menos estável ao longo do tempo? Ou eles estão perdendo lentamente sua água?

Andrea Wenzel, geocientista da unidade de Ciências da Terra e Sensoriamento Remoto, gerencia os pedidos de fotografia da tripulação. Ela observa a flexibilidade que um tripulante oferece ao tirar uma foto da Terra. “Um satélite geralmente tira as mesmas fotos nos mesmos locais e na mesma orientação repetidamente. Os astronautas, por outro lado, podem usar lentes diferentes para tirar fotos com diferentes campos de visão – de close-up a fotos amplas. A cúpula na parte inferior da Estação Espacial permite uma visão panorâmica diretamente para baixo, ou o tripulante pode optar por fotografar uma imagem que inclua o horizonte. E, como a Estação Espacial voa em órbita assíncrona ao redor da Terra, ela pode capturar imagens a qualquer hora do dia ou da noite.”

Crédito: Nasa

Eventos climáticos

Wenzel observa que a geleira Viedma, no extremo sul da América do Sul, é um bom exemplo de uma característica da Terra em movimento sendo observada pelas fotografias da tripulação ao longo do tempo. Houve uma diminuição significativa no comprimento da geleira ao longo dos anos e as fotos permitem aos pesquisadores observar o caminho que a geleira está tomando e correlacionar isso com os dados das mudanças climáticas.

A tripulação também pode ser solicitada a capturar um evento climático, como um furacão, incêndio florestal, inundação ou erupção vulcânica. A imagem abaixo mostra inundações na Colômbia. Wenzel diz: “Foi uma de uma série de fotos que foram usadas por socorristas internacionais para atualizar seus mapas de inundações. Como resultado, eles lançaram uma operação para resgatar os habitantes de vilarejos locais que estavam presos no local devido ao aumento da água”.

Os astronautas costumam dizer que a coisa mais notável sobre observar a Terra da Estação Espacial é ver nosso planeta através de zonas climáticas e continentes, sem fronteiras desenhadas em um mapa. Felizmente para aqueles de nós que ainda estão no solo, suas habilidades fotográficas nos permitem ver o que eles veem – agora e ao longo de décadas – beneficiando a todos nós de várias maneiras.

Saiba mais
+ Carolina Dieckmann pede R$ 9 milhões por mansão no Rio
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua

Andrea Wenzel