Maya Bay deve permanecer fechada por mais dois anos

Famosa pelo filme A Praia, com Leonard DiCaprio, a baía da Tailândia foi fechada em junho de 2018 devido aos estragos do excesso de turismo e ainda não se recuperou

Maya Bay antes de junho de 2018, quando ainda recebia turistas (Crédito: Maksym Kozlenko)

Fechada há quase um ano para se recuperar da degradação causada pelo excesso de turismo, a paradisíaca enseada de Maya, na Tailândia, que ficou famosa por “A Praia”, filme de 2000 estrelado por Leonardo DiCaprio, deve permanecer resguardada por pelo menos mais dois anos. Maya Bay está localizada em Phi Phi Leh, uma das duas principais ilhas Phi Phi.

Em junho de 2018, a baía foi fechada para turistas para um programa de revitalização dos corais dizimados da área. Cerca de 10.000 corais foram replantados em torno do local, no ano passado. Eles estavam crescendo com sucesso até a onda de calor recente sentida na Tailândia, que elevou a temperatura do mar a 32˚C – o que causou algum branqueamento.

Segundo Songtam Suksawang, diretor do Departamento Nacional de Parques da Tailândia (NPD), disse à CNN Travel é preciso “mais tempo para permitir que a natureza se recupere totalmente. Nossa equipe reavaliará a situação a cada três meses.” Esse tempo extra também será aproveitado para expandir as instalações de visitantes da ilha de forma a implantar um turismo sustentável.

O parque quer instalar uma nova doca flutuante, um calçadão com foco ecológico e novos banheiros. Um sistema de bilhetagem eletrônica também está sendo desenvolvido para garantir que o número diário de visitantes fique limitado a cerca de 1.200 pessoas por dia, dividido em quatro faixas horárias. Antes de ser fechada, a baía recebia cerca de 5.000 visitantes por dia.

Atualmente, os barcos podem entrar nos limites externos da baía e os visitantes ainda podem ver a praia de seu barco e fazer mergulho com snorkel na frente dela. Muitos visitantes são excursionistas de Phuket, que fica a menos de uma hora de lancha. Mas, quando for reaberta, os operadores de barcos de turismo deverão ter rastreadores digitais instalado se quiserem atracar dentro de Maya Bay.

O fechamento da baía de Maya faz parte de uma séria de ações do tipo nos principais destinos turísticos do sudeste asiático. Como a Ilha de Komodo, na Indonésia, famosa pelos seus “dragões”, que iniciou em março um programa de conservação para aumentar essa espécie enquanto preserva seu habitat. E ainda a famosa ilha de Boracay, nas Filipinas, que passou por seis meses de limpezas e reorganizações para sobreviver ao turismo. O local abriga 17.000 moradores, muitas das quais diretamente envolvidas na indústria do turismo.

blog comments powered by Disqus