Menor bebê do mundo a sobreviver tem alta nos EUA

Nasceu com apenas 245 gramas e 23 centímetros, o bebê mais micro prematuro de que se tem notícia que "vingou" fora da barriga da mãe

Momento da internação da recém-nascida Saybie com 23 semanas e 245 g. (Crédito: Reprodução de cena do vídeo da Hindustan Times)

Saybie nasceu de 23 semanas e três dias – quando o normal de uma gestação é por volta de 40 semanas – pesando apenas 245 gramas. E hoje está deixando o hospital com 2,5 kg, contrariando todos os prognósticos para um bebê “micro-prematuro”, ou seja, nascido antes de 28 semanas.

A norte-americana nasceu de uma cesárea de emergência, devido à pré-eclâmpsia, um problema de pressão alta que representa risco fatal para a mãe e o feto, e pensava-se que não sobreviveria por mais de uma hora. Ela passou cinco meses internada no Sharp Mary Birch Hospital for Women & Newborns, em San Diego, na Califórnia (EUA), desde dezembro de 2018.

Saybie se prepara para sair do hospital. (Crédito: Reprodução de cena do vídeo da Hindustan Times)
(Crédito: Reprodução de cena do vídeo da Hindustan Times)

A equipe médica acredita que a sobrevivência de Saybie se deve ao fato de que ela não sofreu complicações graves após o nascimento, como hemorragias cerebrais, problemas pulmonares e cardíacos muito comuns nos casos de bebês micro prematuros. A família preferiu se manter no anonimato, mas autorizou a divulgação do caso e das fotos da menina.

Segundo os registros da Universidade de Iowa (EUA), Saybie pode ser considerada a menor bebê prematura no mundo a sobreviver. O recorde anterior pertencia a uma menina alemã, que nasceu com 252 gramas em 2015. Já o menor menino a sobreviver a um parto prematuro é japonês e pesou 268 gramas no nascimento.