Moda para mentes livres: jornalismo independente vai bem com qualquer roupa

Conheça a nova campanha da DW pelo livre acesso à informação.Qual o visual da liberdade? O seu poder de sentir, pensar, falar e protestar está escrito no seu rosto ou escondido dentro do seu peito? Nós vestimos a camisa da liberdade, e a “Coleção sem censura” reflete a nossa luta contra a censura e o nosso apoio à liberdade de expressão em todo o mundo.

A DW está usando a moda em uma campanha pelo livre acesso à informação: em cada peça de roupa foi costurada uma etiqueta com uma lista de ferramentas para ajudar pessoas em regiões onde o acesso à internet é restrito a ler as notícias da DW e de outras mídias independentes.

Na DW, acreditamos que todos devem ter o direito de escolher entre uma ampla variedade de veículos independentes para formar a sua própria opinião. É por isso que queremos ajudar pessoas no mundo todo a contornar a censura e a desinformação – não importa onde estejam.

Como nós apoiamos a liberdade de expressão

A DW se esforça para abordar questões complexas envolvendo a liberdade de expressão e de imprensa ao chamar a atenção para crises, vítimas de violações de direitos humanos e iniciativas que lutam para melhorar a situação, ao mesmo tempo em que promovem um amplo debate sobre essas questões.

Ao produzir reportagens e entrevistas com ativistas, acadêmicos, artistas, cartunistas e escritores de todos os cantos do mundo, estamos sempre de olho nas questões que contribuem para a liberdade de expressão e de opinião.

Desde 2015, a DW homenageia indivíduos engajados na luta diária por estas pautas com o Prêmio Liberdade de Expressão (DW Freedom of Speech Award). Os laureados incluem blogueiros presos e jornalistas destemidos – pessoas que lutam para garantir uma mídia livre.

Transmitindo a mensagem

Hoje mais do que nunca, as pessoas podem facilmente se comunicar e acessar informações. Mas é fácil esquecer que há muitos lugares em que aqueles que manifestam pensamentos dissidentes são punidos e onde o livre fluxo de informação é bloqueado. A DW fez da luta contra a censura um de seus princípios centrais e trabalha de forma consistente para fornecer às pessoas em todos os lugares as informações de que elas necessitam para compreender os problemas e as questões que afetam as suas sociedades.

Em muitos países, o controle governamental da infraestrutura pode levar à censura ou ao bloqueio completo da informação. É por isso que a DW sempre trabalhou no fornecimento de soluções para contornar a censura e levar informações às pessoas. Por exemplo, pessoas em países cujos governos bloqueiam ou restringem o acesso a notícias independentes podem acessar o conteúdo da DW de forma segura e anônima com o Projeto Tor. Os websites acessíveis por meio do Tor (The Onion Routing, ou roteamento cebola, em tradução livre) podem ser reconhecidos por meio da extensão “.onion”. Um navegador especial como o Tor, que é baseado no Firefox, é necessário para acessar as páginas da internet.

Ao longo da última década, a DW também tem utilizado um sistema de evasão de censura chamado Psiphon, que funciona usando uma rede de diferentes servidores proxy (intermediários entre o usuário e a fonte online). Com essa tecnologia, usuários em países como China e Irã passaram a poder acessar informações imparciais de fontes confiáveis.

Ao nos envolvermos com esta tecnologia, enviamos uma mensagem: a DW nunca vai desistir de tentar promover uma internet livre e fornecer notícias e informações imparciais de qualidade para TODAS as audiências ao redor do mundo.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago


COMPARTILHAR