Montadora de carro japonesa está de olho na exploração espacial

Seu primeiro projeto em conjunto com a Agência de Exploração Aeroespecial do Japão será o desenvolvimento de um veículo lunar com propulsão à base de célula de combustível de hidrogênio

A Toyota está planejando expandir sua atuação para muito além das fronteiras terrestres. A montadora de carros anunciou um acordo com a Agência de Exploração Aeroespecial do Japão (JAXA) para cooperar na exploração espacial internacional. O primeiro projeto conjunto será o desenvolvimento de um veículo lunar com propulsão à base de célula de combustível de hidrogênio.

O protótipo de jipe lunar, chamado Toyota Espaço Mobilidade, será pressurizado, não tripulado e contará com uma autonomia de deslocamento sobre a superfície da Lua de mais de 10.000 km. Um grande – e necessário – feito para um terreno com crateras, penhascos e colinas, ambiente de radiação e temperatura mais duras do que a Terra e de gravidade seis vezes menor do que o nosso planeta.

O veículo mede 6 metros de comprimento, 5,2 metros de largura e 3,8 metros de altura, segundo a Toyota, o tamanho de dois microonibus. Seu espaço interno de 13 metros cúbicos acomoda bem duas pessoas (ou até quatro pessoas, em caso de emergência).

A tecnologia de célula combustível é vista como uma solução adequada para este tipo de veículo, por ser um método limpo de gerar energia que emite apenas água como resíduo do processo (e pouquíssimas partículas) e por causa da alta densidade de energia desses sistemas.