“Morte” do Opportunity foi decretada após 15 anos de missão em Marte

Em junho de 2018, uma nuvem de poeira enorme e densa enterrou o robô e, desde então, os operadores não conseguiram mais resposta dele

Sombra do Opportunity, robô que mudou a visão que tínhamos sobre Marte

* Atualizado às 18h47

A NASA anunciou hoje que a missão do Opportunity está oficialmente encerrada. Em junho de 2018, uma nuvem de poeira enorme e densa o suficiente para encobrir a luz do sol na superfície de Marte cobriu também o robô – incluindo os painéis solares de maior importância que o alimentavam. Seu enterro aconteceu ali.

Desde então os operadores não conseguiram mais resposta dele. Nesse dia, o veículo enviou seu último sinal para a Terra. Mais de 600 chamadas de ativação foram feitass para o robô, instruindo-o a telefonar para casa e foram testados todos os tipos de erro conhecidos. Mas nada funcionou.

O Opportunity e seu irmão Spirit aterrissaram na superfície do planeta vermelho em 2004. A NASA esperava que pelo menos um dos dois robôs durasse 90 dias, mas foi surpreendida. O Spirit esteve na ativa por quase seis anos antes entalar em um pedaço de sujeira macia, enquanto o Opportunity durou até o 15 anos percorrendo cerca de 45 quilômetros, explorando mais de 100 crateras, resistindo ao frio e a diversas tempestades de areia e enviando muita informação para a Terra.

Durante seu tempo na superfície, os robôs coletaram dados que nos permitiram construir nossa visão atual do passado de Marte. Os veículos encontraram repetidamente evidências de água antiga no planeta, desfazendo a ideia de que o planeta era seco exceto por suas calotas polares. Também mostraram a presença de minerais de água salgada e argilas formadas em água potencialmente potável que podem apresentar um ambiente habitável para micróbios.

COMPARTILHAR
blog comments powered by Disqus