Música contra a demência

De acordo com estudo britânico, a música pode ajudar pessoas com demência a lembrar-se de informações e reduz nelas a incidência de sintomas como ansiedade, agitação e agressividade

Musicoterapia: benefícios comprovados (Foto: iStockphotos)

A ideia de que ouvir música faz bem ganhou um novo reforço com a publicação de um estudo sobre os efeitos dos sons musicais em pacientes com demência. De acordo com o trabalho, realizado por instituições britânicas e apresentado na Câmara dos Lordes em janeiro, a música pode ajudar pessoas com demência a lembrar-se de informações e reduz nelas a incidência de sintomas como ansiedade, agitação e agressividade. Os autores do estudo propõem que se invista mais em musicoterapia no Sistema Nacional de Saúde e que se façam campanhas nacionais nas quais sejam reconhecidos os efeitos benéficos da música nessa área.

COMPARTILHAR
blog comments powered by Disqus