Neandertais europeus mergulhavam para escolher ferramentas

Neandertais da Europa ocidental coletavam conchas de mariscos e pedra-pomes nas águas costeiras para usá-las em suas atividades

Exemplos de ferramentas feitas de concha encontradas na Itália. As imagens C e L são do Museu Pigorini. Crédito: Villa et al., 2020

Os neandertais coletaram conchas de mariscos e rochas vulcânicas da praia e das águas costeiras da Itália durante o Paleolítico Médio, segundo Paola Villa, da Universidade do Colorado (EUA), e colegas. Seu estudo foi publicado na revista de acesso aberto “PLOS ONE”.

Sabia-se que os neandertais usaram ferramentas, mas a extensão em que eles foram capazes de explorar os recursos costeiros foi questionada. Neste estudo, Villa e sua equipe exploraram artefatos das cavernas arqueológicas neandertais de Grotta dei Moscerini, na Itália, um dos dois locais neandertais do país caracterizados por uma abundância de conchas de moluscos modificadas à mão, datadas de cerca de 100 mil anos atrás.

Os autores examinaram 171 conchas modificadas, a maioria das quais foram retocadas para serem usadas como raspadores. Todas essas conchas pertenciam à espécie de moluscos lisos do Mediterrâneo Callista chione. Com base no estado de preservação das conchas, incluindo danos e incrustações feitas por organismos marinhos, os autores inferiram que quase um quarto das conchas havia sido coletado debaixo d’água, no leito marinho, como animais vivos, em vez de serem lavados na praia.

Nos mesmos sedimentos de cavernas, os autores também encontraram abundância de pedras-pomes, provavelmente usadas como ferramentas de abrasão. Elas aparentemente derivavam das correntes marítimas de vulcões em erupção no Golfo de Nápoles (70 km ao sul) na praia de Moscerini, onde foram coletadas pelos neandertais.

LEIA TAMBÉM: Doenças de nossos antepassados deflagraram extinção dos neandertais

Hábitos mais antigos

Essas descobertas se juntam a uma lista crescente de evidências de que os neandertais da Europa Ocidental costumavam passar a vau ou mergulhar nas águas costeiras para coletar recursos muito antes de o Homo sapiens trazer esses hábitos para a região. Os autores também observam que as ferramentas de concha eram abundantes em camadas de sedimentos que possuíam poucas ferramentas de pedra, sugerindo que os neandertais poderiam ter recorrido a ferramentas de concha durante os períodos em que materiais de pedra mais típicos eram escassos. (Também é possível que conchas de moluscos tenham sido usadas porque tinham um corte afiado, que podia ser mantido através de um novo afiador, ao contrário das ferramentas de pederneira.)

Os autores acrescentam: “A caverna se abre em uma praia. Possui um grande conjunto de 171 ferramentas feitas em conchas coletadas na praia ou diretamente do fundo do mar como animais vivos por mergulhadores neandertais. Mergulhar para buscar conchas ou pescar em água doce rasa era uma atividade comum dos neandertais, de acordo com dados de outros locais e de um estudo anatômico publicado por E. Trinkaus. Os neandertais também coletavam pedras-pomes expelidas em vulcões no Golfo de Nápoles e transportadas por mar para a praia.”

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança