Nespresso atinge metas máximas em compromisso de sustentabilidade

Empresa fecha 2020 com 100% dos cafés adquiridos de maneira sustentável e 100% de capacidade de reciclagem, tetos da iniciativa The Positive Cup

Cápsulas Nespresso: 100% de capacidade de reciclagem no Brasil. Crédito: Nespresso

A Nespresso anunciou este mês que cumpriu o compromisso The Positive Cup. Lançada em 2014, essa iniciativa teve seu objetivo traçado para permitir que cada xícara de café da empresa fosse sustentável. O foco foi dirigido para a construção de ações em três frentes fundamentais para o negócio da companhia: trabalho com produtores e produtoras de café, gestão responsável do alumínio e clima.

A marca fecha esse ciclo no Brasil com 100% dos cafés adquiridos de maneira sustentável e 100% de capacidade de reciclagem. Isso significa levar a cada consumidor Nespresso uma alternativa para coleta de resíduos. Para os consumidores que não possuem um ponto de coleta próximo, é possível que o envio das cápsulas usadas seja feito via Correios de forma gratuita.

“Trabalhamos durante esses anos focados em melhorias que pudessem gerar impacto positivo na sociedade e no meio ambiente como um todo. Investimos mais de R$ 5 milhões por ano em ações de reciclagem, e é por isso que queremos ir além do que já entregamos. Fechamos as metas The Positive Cup levando uma solução para entrega de cápsulas usadas a cada um de nossos consumidores, independentemente de onde vivem e sem custo”, conta Claudia Leite, head de Criação de Valor Compartilhado, Cafés e Comunicação Corporativa da Nespresso no Brasil.

Grande conquista

Por meio do site da empresa, os consumidores podem fazer o envio de suas cápsulas usadas para reciclagem de maneira simples e gratuita. Basta acessar o site da Nespresso, preencher um formulário e selecionar a opção Reciclagem: Envio de Cápsulas Usadas. “Este compromisso foi um dos que mais geraram interesse em todas as nossas interações nos últimos anos, seguido do questionamento sobre se iríamos atingi-lo. Entendemos ser uma grande conquista e maior conveniência para os nossos consumidores”, diz Claudia.

A Nespresso conta com mais de 170 pontos de coleta espalhados pelo Brasil e um Centro de Reciclagem para separação do pó de café do alumínio sem a utilização de água, que recebe atualmente 23% das cápsulas comercializados pela marca – um crescimento de 15 pontos percentuais de 2014 a 2020. A companhia também investe em delivery verde, com entregas de bicicleta na cidade de São Paulo para clientes da linha doméstica, além do serviço de reciclagem via carros elétricos aos clientes da linha Nespresso Professional nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro.

Além dos investimentos em ações sustentáveis em toda a cadeia, Claudia comenta que os desafios da empresa para os próximos anos serão ainda maiores: “Queremos acelerar a aderência da nossa base de consumidores aos serviços de reciclagem, mantendo a média de crescimento efetivo que tivemos nos últimos anos e avançando em outras práticas”.

Recentemente, a Nespresso também anunciou que todas as suas xícaras de café serão neutras em carbono até 2022. Isso significa que tudo que for produzido e comercializado pela companhia será calculado em créditos de carbono e os impactos ambientais inerentes gerados pela atividade industrial serão minimizados totalmente, garantindo, além de um café de alta qualidade sustentável ao consumidor, a certeza de que o meio ambiente não será impactado.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança