No céu do futuro: Hubble mostra choque entre Via Láctea e Andrômeda

Colisão de galáxias, um fenômeno mais frequente no passado do universo, deverá acontecer em cerca de 4 bilhões de anos

Concepção artística da colisão entre a Via Láctea e a galáxia de Andrômeda: esta última se aproxima de nós a mais de 400 mil quilômetros por hora. Crédito: Nasa; ESA; A. Feild e R. van der Marel, STScI

Em algum momento em um futuro distante, cerca de 4 bilhões de anos a partir de agora, nossa galáxia, a Via Láctea, colidirá com a galáxia vizinha de Andrômeda (M31), conforme ilustrado na versão artística vista acima.

O universo está se expandindo e acelerando, e ainda acontecem colisões entre galáxias próximas umas das outras porque elas são limitadas pela gravidade da matéria escura que as cerca. As visões profundas do universo do telescópio espacial Hubble, da Nasa/ESA, mostram que esses encontros entre galáxias eram mais comuns no passado, quando o universo era menor.

Um século atrás, os astrônomos não percebiam que a M31 era uma galáxia separada muito além das estrelas da Via Láctea. Edwin Hubble mediu sua vasta distância descobrindo uma estrela variável que servia como um “marco miliário”.

O Hubble passou a descobrir o universo em expansão, onde as galáxias estão se afastando de nós, mas há muito se sabe que a M31 está se movendo em direção à Via Láctea a cerca de 402 mil quilômetros por hora. Isso é rápido o suficiente para viajar daqui até a Lua em uma hora.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago