• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Anuncie
Assine
Revista Planeta
MenuMenu
FECHAR
  • Home
  • Astronomia
  • Arqueologia
  • Ciência
  • Viagem
  • Espiritualidade
  • Siga-nos:Facebook
Ciência03/02/2022

Nome de ictiossauro achado nos EUA homenageia donos de cervejaria

A voluntária Viji Shook deitada ao lado do crânio do Cymbospondylus youngorum como referência de tamanho. Crédito da imagem: Martin Sander/Museu de História Natural do Condado de Los Angeles

03/02/22 - 16h01min - Atualizado em 03/02/22 - 18h25min

A primeira criatura gigante a habitar a Terra, o ictiossauro, foi o rei dos oceanos terrestres no período Triássico. Em 1993, esse réptil gigante foi homenageado pela cervejaria Great Basin Brewing Company, em Sparks, Nevada (EUA) no nome de um de seus produtos, a Ichthyosaur IPA.

No fim de 2021, aconteceu uma espécie de “recíproca”: uma das primeiras espécies de ictiossauro foi denominada Cymbospondylus youngorum, em homenagem a Tom e Bonda Young, fundadores da Great Basin Brewing Company. O nome foi anunciado em uma cerimônia no Museu de História Natural de Los Angeles em dezembro.

Com um crânio de 2 metros e um comprimento de 17 metros, o Cymbospondylus youngorum é o maior animal descoberto da época do Triássico Médio (242-244 milhões de anos atrás). Ele surgiu no máximo 8 milhões de anos após a aparição dos primeiros ictiossauros, o que sugere uma expansão de tamanho muito mais rápida que pode ter sido alimentada por processos após a extinção em massa do Permiano.

Os ictiossauros surgiram pela primeira vez nos oceanos há cerca de 248 milhões de anos. Sua extinção ocorreu no início do Cretáceo Superior, 90 milhões de anos atrás. Eles respiravam ar como golfinhos e baleias, tinham um corpo aerodinâmico para se mover na água, olhos grandes para melhorar a visão em profundidade, um crânio alongado com mandíbulas cheias de dentes cônicos, adequados para pescar peixes e lulas. Esses répteis podem ter sido os principais predadores de seus ecossistemas, mas até recentemente havia pouca evidência direta disso.

Imaginação popular capturada

“Os ictiossauros derivam de um grupo ainda desconhecido de répteis terrestres e respiravam ar”, disse Martin Sander, paleontólogo da Universidade de Bonn (Alemanha) e do Instituto de Dinossauros do Museu de História Natural do Condado de Los Angeles (EUA), da equipe que descobriu o Cymbospondylus youngorum. “Desde as primeiras descobertas de esqueletos no sul da Inglaterra e na Alemanha, há mais de 250 anos, esses ‘peixes-sauros’ estavam entre os primeiros grandes répteis fósseis conhecidos pela ciência, muito antes dos dinossauros, e capturaram a imaginação popular desde então.”

O crânio bem preservado do Cymbospondylus youngorum, parte da sua espinha dorsal, ombro e barbatana dianteira foram recuperados do Fossil Hill Member, nas Augusta Mountains de Nevada. Os restos fósseis representam o caso mais antigo de um ictiossauro de proporções épicas.

Homenagens

Tom e Bonda Young fundaram a Great Basin Brewing Company em Sparks em 1993. Antes de fabricar cerveja, Tom era geólogo e tinha um grande interesse por fósseis. Foi por isso que ele homenageou o ictiossauro no nome de uma de suas primeiras cervejas.

Uma equipe alemã que foi a Nevada procurar fósseis descobriu a cerveja, o que a levou à Great Basin Brewing e aos Youngs. Em 2011, essa equipe encontrou outro ictiossauro na região, e os Youngs ajudaram no processo de escavação e remoção por meio de doações monetárias, juntamente com comida e cerveja. Não foi só isso: depois, um grande caminhão da cervejaria levou o crânio do fóssil para Los Angeles.

Um artigo sobre a descoberta, cujo primeiro autor é Martin Sander, foi publicado em dezembro na revista Science. Tom Young confessou-se “em êxtase” com a descoberta e a exibição do ictiossauro. “Isso faz meu coração cantar quando vejo as pessoas, este é um dos melhores cientistas do mundo, e ele está trazendo isso para o meu nível e eu entendo”, disse Young. Segundo ele, sua ideia para o nome do animal era diferente: “Eu estava votando em ‘Beeroauros’ [algo como ‘cervejossauro’] pessoalmente”, declarou.

Saiba mais
+ Carolina Dieckmann pede R$ 9 milhões por mansão no Rio
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua

Bonda