Nota ambiente

 

Agronegócio e desmatamento

Estado que responde por 31% da soja brasileira e é símbolo da devastação florestal, Mato Grosso surpreende: entre 2006 e 2010, elevou suas colheitas em 30% (de 15,6 milhões para 20,5 milhões de toneladas) e reduziu o desmatamento também em 30%. Em 2010, 850 km2 de floresta foram desmatados, 11% da média anual do período 1996-2005. O feito foi obtido graças à produtividade mais alta e o uso de áreas já desmatadas para cultivo, segundo a revista Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS).

 

Virada nuclear nos EUA

A Comissão Reguladora Nuclear dos Estados Unidos licenciou, em fevereiro, a construção de dois reatores nucleares, os primeiros desde o acidente de ree Miles Island, em 1978. Ao custo de US$ 14 bilhões (US$ 8,3 bilhões de empréstimos federais), os novos reatores vão ampliar a potência da usina de Vogtle, na Geórgia, e deverão estar prontos em 2017. Depois de 34 anos de moratória, o governo Obama decidiu apoiar a energia nuclear como alternativa “limpa” aos combustíveis fósseis, geradora de baixa emissão de carbono. O setor espera um “renascimento” nos próximos anos.

 

Fernando de Noronha congestionada

Em três viagens, entre janeiro e fevereiro, um navio levou para o porto de Suape (PE) o lixo acumulado desde 2008 no arquipélago de Fernando de Noronha: 1,2 mil toneladas. A operação custou R$ 1,5 milhão e envolveu 34 profissionais, 7 caminhões, 3 guinchos, 1 rebocador e 1 balsa. O lixo de quatro anos foi acumulado porque já não cabia no navio coletor (130 toneladas/mês) e não havia calado no porto para navios maiores. Com a ampliação recente do calado, o porto já pode receber embarcações maiores, o que viabilizou a coleta. Há gente (e lixo) demais na ilha.

 

Virada nuclear nos EUA

A Comissão Reguladora Nuclear dos Estados Unidos licenciou, em fevereiro, a construção de dois reatores nucleares, os primeiros desde o acidente de ree Miles Island, em 1978. Ao custo de US$ 14 bilhões (US$ 8,3 bilhões de empréstimos federais), os novos reatores vão ampliar a potência da usina de Vogtle, na Geórgia, e deverão estar prontos em 2017. Depois de 34 anos de moratória, o governo Obama decidiu apoiar a energia nuclear como alternativa “limpa” aos combustíveis fósseis, geradora de baixa emissão de carbono. O setor espera um “renascimento” nos próximos anos.

 

Investimento verde

Os investimentos globais em tecnologia limpa atingiram US$ 9 bilhões em 2011, 13% a mais do que no ano anterior, segundo a consultoria Cleantech. A maior parte ocorreu nos Estados Unidos e na Califórnia. A Europa e Israel exibiram retração no período (US$ 1,3 bilhão, ante US$ 1,8 bilhão em 2010), e a Ásia cresceu modestamente. A energia solar recebeu mais investimentos (US$ 1,8 bilhão), seguida pela eficiência energética (US$ 1,5 bilhão) e pelos transportes (US$ 1,1 bilhão).

 

Carvão chinês

A China triplicou sua geração de energia solar e obteve progressos em energia hídrica e eólica em 2011, mas os avanços não compensaram o aumento no consumo de carvão: 95 milhões de toneladas a mais do que em 2010. O volume levará em breve o país asiático a responder por 50% do carvão queimado no mundo. Os esforços pró-energias renováveis do governo central têm sido neutralizados pelos governos locais, que temem restrições à sua economia. O carvão supre cerca de 70% da demanda energética chinesa.

 

A Santo Antônio Energia, responsável pela implantação e operação da hidrelétrica de Santo Antônio, no Rio Madeira, lançou as versões digital (disponível no portal www.santoantonioenergia. com.br) e impressa do livro UHE Santo Antônio: Guia das espécies de fauna resgatadas. A obra aborda em detalhes 222 das mais de 360 espécies da região da usina.

O Grupo Pão de Açúcar licenciou a solução SAP Carbon Impact, que será usada para monitorar e gerenciar as emissões de carbono, permitindo o controle loja a loja. Com o aplicativo, o grupo passará a ter uma gestão mais efetiva de suas emissões de carbono, ampliando o controle dos dados lançados em relatórios ambientais.

A Ipiranga implantou no fim de 2011 um projeto piloto de coleta de pilhas, baterias e celulares em cerca de 30 postos da cidade do Rio de Janeiro, nas unidades Jet Oil, rede da marca especializada em troca de óleo, onde já é feita a coleta do óleo usado oriundo das trocas. Cada unidade contará com uma caixa coletora para depósito dos materiais.

O azeite argentino Cocinero lançou o Programa Cocinero de Coleta de PET, parceria entre indústria e varejo para promover o correto processamento dos resíduos de PET e retornar o material à cadeia produtiva.

 

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago


COMPARTILHAR