Novo explorador cósmico

James Webb: agora na fase de testes (Foto: Nasa)

O Telescópio Espacial James Webb, mais ambicioso projeto do gênero da Nasa, começou a ser construído há quase 20 anos e quase foi cancelado pelo Congresso dos Estados Unidos em 2011, por causa de atrasos e problemas de orçamento. Mas o substituto do já lendário Hubble enfim está pronto, dotado de tecnologia de ponta, e em novembro a Nasa começou a testá-lo. Orçado em US$ 8,8 bilhões, o James Webb possui avançados equipamentos para captar radiação infravermelha, capazes de investigar o passado remoto do universo. Seu espelho primário é mais de cinco vezes maior do que o do Hubble, o que lhe permite captar objetos mais distantes e mostrar planetas de modo mais detalhado. O telescópio entrou agora numa fase de dois anos de testes, até seu lançamento, em outubro de 2018.

COMPARTILHAR