Novos perfumes prometem estimular o desejo sexual

Perfumaria fez pesquisa. Foto: Pixabay

Pela primeira vez no Brasil, a perfumaria O Boticário criou uma linha de perfumes com aromas que estimulam o desejo sexual. A produção da fragrância foi feita após uma pesquisa da empresa suíça Givaudan, que usou o método Gestuologie, que consiste na análise de mais de 200 reações verbais e não verbais, desde gestos até a mudança da voz. Como resultado, surgiram os perfumes Coffee Sense Woman e Coffee Sense Man.

O experimento foi feito a partir de filmagens e análises de entrevistas de mulheres com idades entre 20 e 35 anos, moradoras de São Paulo, e que tinham o olfato apurado. Cada uma delas sentiu 10 acordes olfativos diferentes e descreveram as sensações, emoções e percepções que cada um deles provocavam. Um dos cheiros chamou a atenção por provocar comportamentos relacionados à excitação sexual e foi usado na produção da linha.

A versão feminina tem notas de saída de mandarina, cassis, maçã, kumquat, framboesa e gengibre indiano. O corpo do perfume tem jacinto, peônia, pétalas de rosa freesia, magnólia e o acorde ativador do desejo. O masculino tem notas de saída de bergamota italiana, mandarina italiana, limão italiano, menta e cardamomo indiano. O corpo tem pimenta preta de Madagascar, cipreste francês, frutas aquosas e acorde ativador do desejo.

Além disso, as fragrâncias, que já estão disponíveis nas lojas físicas e on-line da marca, são veganas e os recipientes são feitos com vidro reciclado. O frasco do perfume com 100 ml custa R$ 144,90.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança

COMPARTILHAR