O alucinante custo do Legislativo do Brasil

Nosso Legislativo é o mais caro entre 34 países analisados em estudo, a maior parte deles na Europa

Crédito: Wikimedia Commons

O Legislativo brasileiro é o mais caro entre os de 34 países analisados, segundo estimativa do matemático Luciano Irineu de Castro, do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), no Rio de Janeiro. Para chegar a essa conclusão, ele e sua equipe dividiram o orçamento do Legislativo no Brasil pelo total de deputados (513) e senadores (81). Em seguida, os pesquisadores repartiram o resultado pela renda média anual da população, obtida a partir da divisão do Produto Interno Bruto (PIB) pelo total de habitantes.

Segundo Castro, o método adotado para determinar a renda difere do usado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para permitir a comparação entre países. “Como não tínhamos os mesmos números para todos, usamos essa definição mais simples”, esclarece.

De acordo com os cálculos, aqui, corresponderia a cada parlamentar o equivalente a US$ 5 milhões por ano, valor 528 vezes maior que a renda média anual dos brasileiros estimada no estudo (US$ 9.500). Excluindo o Brasil, os parlamentares dos outros países – a maior parte da Europa – recebem 40 vezes a renda da população.

* Este artigo da Revista Pesquisa Fapesp é reproduzido aqui sob a licença Creative Commons CC-BY-NC-ND. Leia o artigo original aqui.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago