O que sua voz conta sobre você?

Pesquisadores internacionais investigam ligações entre personalidade e características vocais

Pesquisa revelou que as pessoas parecem expressar pelo menos alguns aspectos de sua personalidade com a voz. Crédito: Piqsels

Todo mundo já ficou encantado com o som da voz de uma pessoa. Mas será que podemos acreditar no que ouvimos? O que uma voz pode realmente revelar sobre nosso personagem? Agora, uma equipe de pesquisa internacional liderada pela Universidade de Göttingen (Alemanha) mostrou que as pessoas parecem expressar pelo menos alguns aspectos de sua personalidade com a voz.

Os pesquisadores descobriram que uma voz mais grave está associada a indivíduos que são mais dominantes, extrovertidos e apresentam índices mais elevados em sociossexualidade (mais interessados ​​em sexo casual). As descobertas foram verdadeiras tanto para mulheres quanto para homens. Os resultados foram publicados na revista Journal of Research in Personality.

Os pesquisadores analisaram dados de mais de 2 mil participantes e incluíram informações de quatro países diferentes. Os participantes preencheram questionários sobre si mesmos para medir a personalidade e forneceram gravações de sua voz para que o tom pudesse ser medido usando um programa de computador. Esta é a primeira vez que uma medida digital objetiva do tom da voz foi usada em um estudo desse tipo, em vez de avaliações subjetivas de quão “alto” ou “profunda” uma voz pode soar.

Comportamento sexual

Os pesquisadores mediram a “sociossexualidade” coletando respostas sobre comportamento sexual, atitude e desejo. Eles também reuniram dados para fornecer classificações de dominância e outros traços de caráter, como neuroticismo (propensão maior do que a média a ser mal-humorado e a experimentar sentimentos como ansiedade, preocupação, medo, raiva, frustração, inveja, ciúme, culpa, humor depressivo e solidão), extroversão, abertura à experiência, afabilidade e consciência.

Os pesquisadores descobriram que pessoas com vozes mais graves eram mais dominantes, extrovertidas e tinham índices mais altos em sociossexualidade (por exemplo, estavam mais interessadas em sexo fora de um relacionamento). No entanto, a relação entre o tom da voz e outros traços de personalidade (como amabilidade, neuroticismo, consciência ou franqueza) parece menos clara. É possível que esses traços não sejam expressos no tom das vozes. Os pesquisadores não encontraram nenhuma diferença entre homens e mulheres.

“As vozes das pessoas podem causar uma impressão enorme e imediata em nós”, explica a drª Julia Stern, do Grupo de Psicologia da Personalidade Biológica da Universidade de Göttingen. “Mesmo que apenas ouçamos a voz de alguém sem nenhuma pista visual – por exemplo, ao telefone –, logo saberemos se estamos falando com um homem, uma mulher, uma criança ou uma pessoa mais velha. Podemos descobrir se a pessoa parece interessada, amigável, triste, nervosa ou se tem uma voz atraente. Também começamos a fazer suposições sobre confiança e domínio.”

Isso levou Stern a questionar se essas suposições eram justificadas. “O primeiro passo foi investigar se as vozes estão, de fato, relacionadas à personalidade das pessoas. E nossos resultados sugerem que as pessoas parecem expressar alguns aspectos de sua personalidade com a voz.”

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago