O som é mais rápido do que se imaginava, descobrem cientistas

Pesquisa mostrou resultado. Foto: Pixabay

Graças à Einstein, sabemos que a velocidade da luz no vácuo é o limite máximo de velocidade no universo, mas outras ondas também têm limitações. Uma de particular interesse é a onda sonora. Agora, pela primeira vez, o limite máximo de velocidade do som movendo-se através de materiais densos como sólidos e líquidos foi calculado.

O estudo divulgado pela revista Science Advances estima que as ondas sonoras podem se propagar a uma velocidade máxima de 36 quilômetros por segundo. Isso representa o dobro da velocidade do som em diamantes e mais de 100 vezes a velocidade do som no ar. 

As contas dos pesquisadores partiram de uma consideração simples sobre como a velocidade do som é calculada usando as características físicas de um material. A fórmula padrão mostra que a velocidade depende do quanto você pode deformar seu material e o quão denso ele é. 

Com isso, eles perceberam que poderiam expandir o cálculo para criar um caso mais ideal, chegando a uma fórmula que depende de três constantes físicas: a velocidade da luz no vácuo, a razão entre a massa dos elétrons e a massa dos prótons e a constante de estrutura fina.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança

COMPARTILHAR