Ocupação ancestral

Ossos encontrados: manipulação feita por humanos (Foto: Museu de História Natural de San Diego)

A presença humana nas Américas oficialmente teria começado há cerca de 13 mil anos, com a cultura Clovis, no Novo México (EUA), mas sucessivas descobertas têm posto essa teoria em xeque. A descoberta mais recente no setor, porém, remete o início da ocupação do continente pelos hominídeos a um passado muito mais remoto: cerca de 130 mil anos atrás. Essa foi a idade encontrada na datação por urânio de um conjunto de ossos de mastodonte descoberto no sul da Califórnia. Os ossos mostravam sinais de alterações feitas por ferramentas de pedra, muito provavelmente usadas por seres do gênero Homo. Segundo os pesquisadores, de instituições americanas, os ossos foram desenterrados nos anos 1990 na região de San Diego, ao lado de utensílios como martelos e bigornas de pedra. O estudo foi publicado em maio na revista Nature.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança

COMPARTILHAR