Papel das cidades na transição energética é tema de debate

Evento vai gerar recomendações para a transição nas cidades brasileiras com base nas discussões realizadas ao longo da jornada de debates

Cidade de Nijmegen foi definida como a ‘Capital Verde Europeia 2018’ pela Comissão Europeia, prêmio que consagra a cultura da locomoção (Crédito: Divulgação)

Acontece amanhã evento sobre transição energética e cidades resilientes no Centro Brasileiro de Relações Internacionais (CEBRI), em parceria com o Consulado-Geral dos Países Baixos no Rio de Janeiro e com a Catavento Consultoria. Estima-se que ao redor de 70% da população mundial viverá em cidades até 2050. E são iniciativas locais de diferentes cidades pelo mundo que estão liderando transformações fundamentais para o bem-estar das pessoas antes mesmo que essas práticas se tornem políticas públicas ou determinações governamentais no nível estadual e nacional.

Quatro especialistas vão debater temas como a redução de emissões de carbono, o aumento da participação da energia limpa na matriz energética, como cidades europeias podem servir de modelo para cidades mais sustentáveis, os principais desafios enfrentados pelas cidades brasileiras, além das inovações e da descentralização na área de energia. Também serão abordadas questões sobre digitalização, conectividade e como cidades inteligentes podem ser mais eficientes em consumo de energia.

O Diretor do Projeto de Transição de Energia da cidade de Nijmegen (escolhida “Capital Verde Europeia 2018” pela Comissão Europeia), Paul Matthieu, e o Assessor Sênior de Mitigação Climática e Adaptação ao Clima da cidade de Arnhem, Hans van Ammers, são os convidados internacionais. Marcelo Porto, vice-presidente da IBM Cloud Latin America e Luis Antonio Lindau, diretor do WRI Cidades são os representantes nacionais.

O evento, voltado para associados e convidados, irá gerar um policy paper que virá a público, com recomendações para a transição nas cidades brasileiras com base nas discussões realizadas ao longo da jornada de debates.

COMPARTILHAR