Passagem para Marte custará menos de US$ 500 mil, diz Musk

Elon Musk, CEO da SpaceX, afirmou que as passagens para Marte na espaçonave podem chegar a custar até menos de US$ 100 mil. A volta será grátis!

Ilustração mostra espaçonaves Starship, da SpaceX, em Marte. Neste desenho os veículos ainda não são feitos de aço inoxidável.

O CEO da SpaceX, Elon Musk, já imagina quase uma ponte-espacial entre Terra e Marte por meio da sua empresa. Ele afirmou no Twitter que as passagens para o planeta vermelho na Starship poderão custar menos de US$ 500 mil – ou até mesmo menos de US$ 100. Para ele, o preço será reduzido com o tempo, conforme a demanda, e se tornará acessível a uma grande parte da população. A volta será grátis!

Dependente muito do volume, mas estou confiante de que, um dia, a ida para Marte (com retorno grátis) custará menos de US$ 500 mil e talvez até menos de US $ 100 mil. Valor baixo o suficiente para que a maioria dos moradores dos países desenvolvidos possam vender suas casas na Terra e se mudar para Marte se quiserem“, escreveu Musk no Twitter na noite de domingo (10/02/19)
Starship & Super Heavy

A SpaceX quer lançar suas primeiras missões a Marte com a dupla Starship e Super Heavy em meados da década de 2020. A espaçonave Starship com capacidade para 100 passageiros conta com o enorme foguete chamado Super Heavy para chegar à órbita da Terra. A partir daí, ela segue seu caminho para Marte e o foguete retorna ao planeta, fazendo um pouso vertical, e podendo voar novamente muitas outras vezes.

Os seus ambiciosos planos de voos espaciais de Musk estão calcados justamente na reutilização rápida e repetida dessa dupla. Também contribui para isso a construção do Starship em aço inoxidável em vez de um material composto de carbono – e mais caro -, conforme o projeto original.

Um protótipo de Starship pode decolar muito em breve. A SpaceX já construiu um “funil” de pequena escala e planeja lançar o veículo em seu primeiro voo de teste nas próximas semanas ou meses. O funil não chegará nem perto de Marte; ele testará o projeto Starship em breves voos na atmosfera da Terra.

“Isso soará implausível, mas acho que há um caminho para construir o Starship / Super Heavy por menos que o Falcon 9”, tuitou Musk na noite de domingo (10/09), referindo-se ao foguete Falcon 9, também da SpaceX.

COMPARTILHAR
blog comments powered by Disqus