Peixes sentem dor? Pesquisadores dizem que é provável que sim

peixe-palhaço

Uma equipe internacional e multidisciplinar, que inclui membros do corpo docente da Universidade do Texas, em Arlington, publicou um artigo na revista Philosophical Psychology que debate se os peixes sentem dor.

A conclusão deles: embora os peixes não tenham certas regiões do cérebro normalmente associadas em humanos ao processamento da dor desagradável , isso não oferece prova definitiva de que os peixes não experimentam eventos dolorosos.

Há uma divisão entre cientistas e filósofos contemporâneos sobre a questão do sofrimento animal, especialmente em peixes. Após a descoberta de receptores de dor em peixes no início do século 21, os cientistas desenvolveram experimentos comportamentais que pareciam mostrar que os peixes sentem dor.

No artigo “Contra o Neo-Cartesianismo: Resiliência Neurofuncional e Dor Animal”, os pesquisadores recorrem à neurociência contemporânea para argumentar que muitos humanos que sofreram lesões cerebrais que impactam as regiões de processamento da dor ainda mantêm o sentimento de dor.

Isso sugere que essas regiões corticais não são necessárias para a dor ou que o cérebro pode compensar para garantir que funções essenciais, como o efeito da dor, permaneçam intactas. “Afirmar que os peixes não sentem dor devido à ausência dessas regiões do cérebro pode ser o mesmo que concluir que eles não podem nadar porque não têm braços e pernas”, disse Phil Halper, principal autor do estudo e pesquisador independente na Grã-Bretanha.

Kenneth Williford, professor associado da UTA e catedrático de filosofia e humanidades, e Perry Fuchs, professor da UTA e catedrático de psicologia, são co-autores do artigo, junto com David Rudrauf, da Universidade de Genebra, na Suíça.

A compreensão desses processos pode ter implicações importantes em nossa sociedade e pode ser usada para ajudar a orientar futuras políticas governamentais, ambientais e da indústria de alimentos, bem como decisões dietéticas pessoais.

“Embora nosso estudo não possa provar que os peixes sentem dor, podemos afirmar que os argumentos baseados na falta de certas estruturas cerebrais para negar a dor nos peixes parecem cada vez mais insustentáveis”, disse Williford.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago