Pesquisa mostra alto número de jovens japoneses com miopia

Mais de 76% dos estudantes do ensino básico e 94% dos do ensino médio apresentaram o problema, índices considerados “alarmantes”

Alunos japoneses do ensino médio: problema preocupante de miopia. Crédito: Max Pixel

Pesquisadores japoneses descobriram que cerca de 10% dos alunos do ensino médio podem estar sofrendo de deficiência visual para enxergar de longe, problema conhecido como alta miopia.

Uma equipe da Universidade de Keio fez levantamento com 1.416 crianças que frequentam os ensinos básico e médio em Tóquio. A pesquisa revelou que 76,5% dos alunos de ensino básico e 94,9% dos alunos do ensino médio têm miopia.

Entre o grupo de alunos do ensino médio, pelo menos 9,9% apresentaram alta miopia, sendo incapazes de ver com clareza objetos posicionados a mais de 17 centímetros de distância.

A alta miopia pode estar relacionada a um elevado risco de descolamento da retina e a doenças que podem levar à cegueira.

LEIA TAMBÉM: Por que japoneses não rodam com carros que alugam? Mistério resolvido

Os pesquisadores afirmam que o número de casos de miopia está aumentando à medida que crianças participam cada vez menos de atividades ao ar livre.

Especialistas estimam que 4,8 bilhões de pessoas possam desenvolver a doença até 2050, e que 940 milhões de pessoas possam ter alta miopia.

A Organização Mundial da Saúde manifestou preocupação com as projeções da pesquisa.

O professor Kazuo Tsubota, que liderou a equipe de pesquisadores, declarou que o problema é alarmante e deve ser enfrentado em todo o país.

 

* A NHK é uma emissora pública de TV japonesa.