Pior desastre nuclear dos EUA pode ter sido causado por uma ‘pegadinha’, mostra investigação

Pior desastre nuclear dos EUA pode ter sido causado por uma ‘pegadinha’, mostra investigação
Pior desastre nuclear dos EUA pode ter sido causado por uma ‘pegadinha’, mostra investigação (Foto: Johannes Plenio/Unsplash)

De acordo com investigações, a explosão do reator nuclear SL-1, que resultou no pior desastre nuclear dos Estados Unidos no início dos anos 1960, foi causada por uma “pegadinha”.

O reator, que ficava em Idaho, era destinado a fornecer energia a pequenas instalações militares remotas naquela época e, durante a manutenção, as hastes de controle (que absorvem nêutrons no núcleo do reator) precisavam ser puxadas manualmente apenas alguns centímetros antes de serem reconectadas. Mas, se forem retirados demais, uma explosão é possível.

E isso aconteceu em 3 de janeiro de 1961, quando um dos operadores puxou a haste muito longe, fazendo com que o SL-1 ficasse em estado crítico. Três pessoas morreram no desastre nuclear, o pior que já aconteceu em solo americano, com um homem sendo empalado na virilha pela haste, que saiu por seu ombro e o prendeu no teto.

Uma investigação foi ordenada sobre o evento para evitar que ele ocorresse novamente. Eles descobriram que a haste havia sido retirada 50 centímetros (20 polegadas), em vez dos poucos centímetros que deveria ter sido. No entanto, a investigação descobriu como o acidente aconteceu do ponto de vista mecânico, mas nada além disso.

Perguntas começaram a circular: o que poderia ter feito o operador balançar o suficiente para remover a haste até agora? Foi de propósito? Foi suicídio ou assassinato? Uma das teorias, se provada correta, tornaria este um dos mais estúpidos incidentes nucleares já registrados.

Richard Legg (o homem que mais tarde foi empalado até o teto) tinha um histórico de ser um pouco brincalhão. Se Legg tivesse limitado suas pegadinhas fora do horário de trabalho, talvez ele não fosse listado como suspeito. Porém, em certa ocasião, ele desligou um ventilador que servia para resfriar parte do reator, a fim de disparar um alarme e assustar seus colegas de propósito.

Uma de suas pegadinhas favoritas era “brincar” com os colegas, que é, essencialmente, beliscá-los na bunda quando não estão olhando. Isso levou à teoria de que Legg viu seu colega Byrnes ficar em pé sobre a vara, sacudindo a bunda, e a tentação fora demais.

Ele aproveitou a oportunidade, diz a teoria, e o choque subsequente fez com que Byrnes levantasse a vara longe demais, matando todos com um único beliscão de bunda. Absurdamente, a teoria foi testada por investigadores.

“Nós olhamos para o ganso”, disse C. Wayne Bills, um dos investigadores, ao autor de “Idaho Falls: A História Não Contada do Primeiro Acidente Nuclear da América”. “Você sabe, alguém agarrando o cara no traseiro e fazendo-o pular.”

Em um experimento, os voluntários foram convidados a operar uma haste em uma réplica do reator. Sem que eles soubessem, enquanto puxavam a vara, alguém se aproximava e os beliscava no traseiro. Isso aconteceu com muitos voluntários até que os experimentadores estivessem satisfeitos. Mas, nenhum deles deslocou a haste o suficiente para fazer o reator ficar crítico.

No entanto, a verdade é, provavelmente, muito mais simples: se você tiver um maquinário defeituoso, mais cedo ou mais tarde acidentes acontecerão. E o SL-1 estava com defeito, o que é perigoso mesmo antes de você levar em conta que os operadores foram treinados apenas por seis semanas antes de começarem seu trabalho.

“Os caras da Comissão de Energia Atômica estavam cobrindo suas bundas. Eles não queriam que seu programa nuclear fosse contestado. Eu não acho que eles acreditaram muito se alguma coisa que escreveram sobre eles. Mas o que eles disseram irritou muitos dos velhos caras da bomba nuclear. Eles sentiram que esses homens estavam trabalhando em um reator mal construído e perderam suas vidas por causa disso e então eles foram atingidos por esse legado de merda feito pelos patrões”, disse William McKeown ao The New York Post.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago